Jannah Theme License is not validated, Go to the theme options page to validate the license, You need a single license for each domain name.
Mundo

“É uma agressão criminosa, sem qualquer provocação”. Zelensky fala na ONU sobre a guerra na Ucrânia

A guerra na Ucrânia é o tema de uma reunião do Conselho de Segurança das Nações Unidas com a presença do presidente ucraniano. Esta é a primeira intervenção presencial de Volodymyr Zelensky neste órgão da ONU.

No seu discurso, o presidente ucraniano defendeu que a Rússia deve ser destituída do seu poder de veto no Conselho de Segurança das Nações Unidas.

“A Rússia, depois de inúmeros dias de luta e de destruição, matou milhares dos nossos cidadãos e transformou outros em refugiados”, disse Volodymyr Zelensky.

“É uma agressão criminosa, sem qualquer provocação, contra a nossa nação”, acrescentou, garantindo que o objetivo é a apropriação de recursos ucranianos. “Com esta agressão, com este ato terrorista, mina também todo o tipo de normas internacionais que visam proteger o mundo de todas estas guerras”.

Zelensky agradeceu de seguida “a todos os que consideram a agressão russa como uma violação da Carta das Nações Unidas” e lembrou que a Ucrânia exerce o seu direito de autodefesa, “armando-se com as armas disponíveis, sanções e votando em resoluções adequadas” que acabam por ajudar a que se cumpra esta carta.

“O único agressor nesta guerra é a Rússia. Não mudou nada para a Rússia nas Nações Unidas mas, no entanto, tudo mudou para o resto das Nações Unidas. Há que reconhecer que as Nações Unidas estão agora perante um imbróglio, um impasse. A humanidade já não está alicerçada nas Nações Unidas, os líderes mundiais procuram agora novas plataformas, novas alianças que possam reduzir todo este âmbito desastroso de problemas que se veem aqui espraiados por números de retórica nestas salas, que não protegem as vidas. Devem ser, essas sim, protegidas, sem qualquer tipo de concessão”, atirou o presidente ucraniano.

Fonte
https://www.sapo.pt/
Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo